Como surgiu?

A Terapia de Bowen foi desenvolvida na Austrália nos anos cinquenta por Tom Ambrose Bowen.

 

Tom Bowen apercebeu-se que tinha um dom invulgar e único; a capacidade de sentir tensões e vibrações no sistema muscular, nervoso, e tecidos moles. Esta capacidade permitiu-lhe, após muito treino, estabelecer um método e um processo cujos resultados revelaram ser muito positivos num curto espaço de tempo.

 

Em 1973, durante uma entrevista para o Comité Parlamentar Australiano, Tom Bowen afirmou que tratava 280 pacientes por semana (aproximadamente 13.000 pacientes por ano) alcançando uma taxa de sucesso de 88%.

 

Devido à sua extrema humildade, poucos foram aqueles que tiveram acesso aos seus conhecimentos técnicos com excepção de Oswald e Elaine Rentsch, os únicos seguidores de Tom Bowen e fundadores da Australian Bowtech que trouxe até nós a Terapia de Bowen.

 

Estava assim criado o começo da divulgação a nível mundial desta revolucionária e ainda relativamente recente terapia.

O que é?

 

É uma terapia manual que regula o Sistema Nervoso Simpático e Parasimpático, relaxando os músculos. Consiste na aplicação de movimentos muito suaves, mas com efeitos muito profundos, rápidos e duradouros.

 

Além de ter uma elevada eficácia logo desde os 1ºs tratamentos para o problema específico, também promove relaxamento profundo, alivio emocional e bem-estar geral.

 

A Terapia de Bowen é um processo no qual o Terapeuta é o único intermediário que conduz o próprio corpo do paciente a resolver por si só o respectivo problema (sem recurso a nenhuma influência exterior - medicamentos ou instrumentos).

 

É uma terapia sem contra indicações, que pode ser aplicada a qualquer pessoa, incluindo recém nascidos, grávidas, idosos, pessoas acamadas ou de mobilidade condicionada.

 

O método aplicado é único. Distinto de qualquer outro tipo de Terapia.

 

 

 

O nosso corpo possui uma notável capacidade de auto-cura. Na génese deste processo está a interligação entre o Sistema Nervoso Autónomo (SNA) e o Sistema Nervoso Central (SNC).

 

O SNA é responsável pelo controle de 80%, ou mais, das principais funções do nosso corpo (cardíaca, respiratória, circulatória, reprodutiva, endócrina, e gastrointestinal). Nas suas consecutivas tentativas em resolver algo que está errado (doença ou lesão) o nosso corpo pode entrar num estado de "sobrecarga" e haver um bloqueio, um "erro" no sistema nervoso.

 

O processo de auto-cura fica assim interrompido manifestando-se na nossa mais básica sensação negativa - dor física. Muitas vezes a dor física, ao longo do tempo, pode provocar dor emocional (stress e ansiedade) o que prejudica ainda mais a possibilidade de resolver o problema.

 

É nesta fase que a Terapia de Bowen intervém. Através de toques manuais muito suaves em locais especificos da fáscia*, estes movimentos vão "relembrar" o cérebro como actuar (através de impulsos nervosos), contornando o bloqueio. Imagine-se o nosso cérebro como um computador, a Terapia de Bowen funcionaria como um "reset".

 

* A fáscia é uma estrutura localizada por debaixo da pele composta por tecido fibroso de alta condutividade responsável pela transmissão dos impulsos nervosos. Funciona como uma imensa teia tridimensional que envolve todo o nosso corpo, desde as células até músculos, tendões, nervos, veias, artérias, ossos, e orgãos.

Como funciona?

 

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • b-googleplus
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now